Márcio Luís da Gama Cavalheiro

Márcio Luís da Gama Cavalheiro

Arqueólogo

São Paulo, SP

Possui conhecimentos em ciências contábeis, pela faculdade de ciências econômicas, contábeis, e de administração professor de Plácido e Silva; em administração de empresas pela faculdade Campos de Andrade e em direito pela faculdade OPET; gestão ambiental pelo centro de ensino superior de Maringá em conjunto com a Escola Superior de criminalística e ciências policiais, em Perícia e legislação ambiental ;  Bacharel em Arqueologia concluiu o mestrado em Teologia e Arqueologia Bíblica pela faculdade e seminário teológico nacional e é graduado em Teologia pela faculdade Cristã de Curitiba registrado pela Universidade Federal do Paraná, pós em Psicopedagogia e pós em Psicomotricidade. Participou do grupo de estudos do diretório acadêmico Arnaldo Carnascialli como presidente, sobre os temas: Solução integrada em recursos humanos; Mercado de trabalho e empregabilidade; O administrador do ano 2000; O Mercosul e a pequena empresa e Liderança & motivação. Foi pesquisador do grupo de estudos de política internacional e sistema internacional na faculdade de ciências econômicas, contábeis e administrativas Moacyr Sreder Bastos. Foi em um grupo de acompanhamento e estudos, que participou efetivamente sobre o Sistema Interamericano de Direitos Humanos, formado por acadêmicos e egressos da faculdade de direito OPET. Em estudos fiscais em tributação imobiliária, que fez parte do programa nacional de capacitação das cidades. O grupo foi fruto de discussões levantadas durante o seminário O futuro do IPTU no Brasil, realizado em outubro de 2013 no IDP, e contou ainda com a colaboração de representantes de diversas entidades que compuseram a administração pública, como o Ministério da Fazenda, o Banco Nacional do Desenvolvimento Econômico e Social (BNDES), as prefeituras de Curitiba, Porto Alegre, Belo Horizonte e São Bernardo do Campo, além de representantes do Banco Interamericano de Desenvolvimento, Fundação Getúlio Vargas e da Associação Brasileira das Secretarias de Finanças das Capitais. Estudos em federalismo fiscal tinha por objetivo estimular a pesquisa acadêmica teórica e empírica nas seguintes áreas: relações intergovernamentais e finanças subnacionais, com foco no setor público brasileiro, e abordagens teóricas do federalismo fiscal. Sob a denominação : Núcleo de estudos sobre federalismo e relações intergovernamentais. Membro da Rede Pindorama de Permacultura, bio construção, energias alternativas, uma articulação de campanhas específicas ligadas à energia em favor da eficiência energética e das energias renováveis (solar, eólica, biomassa) sob a ótica da descentralização e responsabilidade socioambiental; participa do movimento Revolução dos Telhados, que estimula a mobilização da Campanha Energia para a vida. É ativista pacífico do movimentos que surgiram da necessidade de transformar indignação em ação, movimento gota água conta com o apoio de importantes organizações que atuam em causas socioambientais.Todo material produzido tem por base os dados os parceiros acadêmicos de diversas instituições de pesquisa do país, isto motivou a fazer parte do comitê das bacias hidrográficas do piraponema como membro suplente do comitê federal da bacia hidrográfica rio paranapanema através da organização Afirma Pela Vida da qual é diretor presidente. Tem experiência na área ambiental, com ênfase em pesquisa de solo degradado, reflorestamento(Projeto Bambu sustentável), composição de sistemas agroflorestais, quebra-vento para plantações, suporte para cultivo de flores, hortaliças e frutas diversas, sombreamento em viveiros, tubos para irrigação ou drenagem, construção de casas, galpões, pontes, cercas, carroças, balsas, etc. produção de lenha, ou carvão Alimento para o gado (folhagem). É membro efetivo da Defesa Civil participando diretamente do desenvolvimento de um regime de Força-Tarefa para qualificar e dar celeridade à reposta aos desastres no estado do Paraná. Atuando nos temas: globalização, estratégia, cultura, soberania, geopolítica e direitos humanos.

Continuar lendo

Histórico profissional

Experiência profissional

    Conselho deliberativo.

  • 2016 - Atual

    Instituto de Justiça Fiscal

    O Instituto Justiça Fiscal é uma associação civil, sem fins lucrativos, com sede em Porto Alegre/RS e atuação em todo o território nacional. Tem por finalidade o aperfeiçoamento do sistema fiscal com vistas a torná-lo mais justo e capaz de contribuir para a redução das desigualdades sociais e regionais.

    A sua criação está apoiada no pressuposto de que é necessário criar condições para que o debate sobre o sistema fiscal nacional e sobre a justiça fiscal não fique restrito a um conjunto reduzido de agentes, normalmente mais voltados à defesa de interesses privados, mas seja assimilado e apropriado por toda a sociedade, condição indispensável para se garantir a precedência do interesse público.

    O Instituto Justiça Fiscal é fruto da iniciativa de um conjunto de pessoas e de entidades representativas que compartilham a idéia de que o sistema fiscal, que compreende a definição das políticas e a administração do ciclo das finanças públicas, da arrecadação à execução dos gastos e controle dos recursos públicos, é elemento constituinte do Estado e definidor do seu modelo. Aperfeiçoar o sistema fiscal tendo por base os fundamentos da justiça fiscal é forma de contribuir para a construção de uma sociedade justa, livre e solidária.

  • 2014 - 2017

    Afirma pela vida (APV).

    Afirma Pela Vida -Greenpeace Brazil
    Somos um grupo de pesquisadores sem associações políticas, filosóficas ou religiosas, mas que apoiamos todo e qualquer movimento em direção ao equilíbrio do planeta, dos povos e de todos os seres que constituem esse mundo.
    Missão
    Desenvolvimento humano e promoção da sustentabilidade.

    É acreditando que podemos ser a primeira geração a acabar com a pobreza extrema no mundo que a APV se engaja nesta grande causa. Os 17 Objetivos de Desenvolvimento Sustentável são um estandarte de vida para este mundo.
    O ano de 2015 apresentou uma oportunidade histórica e sem precedentes para reunir os países e a população global e decidir sobre novos caminhos, melhorando a vida das pessoas em todos os lugares.

    Essas decisões determinarão o curso global de ação para acabar com a pobreza, promover a prosperidade e o bem-estar para todos, proteger o meio ambiente e enfrentar as mudanças climáticas.

    Em 2015, os países tiveram a oportunidade de adotar a nova agenda de desenvolvimento sustentável e chegar a um acordo global sobre a mudança climática.

    As ações tomadas em 2015 resultaram nos novos Objetivos de Desenvolvimento Sustentável (ODS), que se baseiam nos oito Objetivos de Desenvolvimento do Milênio (ODM).

    As Nações Unidas trabalharam junto aos governos, sociedade civil e outros parceiros para aproveitar o impulso gerado pelos ODM e levar à frente uma agenda de desenvolvimento pós-2015 ambiciosa.

    Atividades

Acadêmico

Formação acadêmica

Especialização em Psicomotricidade

2017 - 2018

Instituto Pedagógico de Minas Gerais

Mestrado em Psicopedagogia

2017 - 2018

Instituto Pedagógico de Minas Gerais

Mestrado em Teologia

2016 - 2017

Faculdade e Seminário Teológica Nacional
Orientador: Jesiel de Almeida Júnior
Para qualificar o ensino da Teologia é preciso incrementar a pesquisa. Tal desafio é contemplado pelo Curso de Mestrado e Doutorado, onde se intensificam as oportunidades de aprofundar a reflexão teológica em vista da relevância pública da teologia na sociedade atual. O Mestrado em Teologia não se justifica apenas pela necessidade de professores de Teologia para os seminários e faculdades. Cresce cada vez mais a necessidade de uma ação evangelizadora sem improvisação, pensada metodologicamente e capaz de ser avaliada com critérios e diretrizes. Tal empenho depende de pesquisas, intercâmbios e reflexões. A pastoral da Igreja enriquece-se com os métodos e ferramentas acadêmicas, porque a universidade acolhe a experiência das comunidades, reflete tal ação e propõe caminhos que possam aperfeiçoar a práxis pastoral. O mestrado, portanto, tem um impacto social imediato, na medida em que qualifica profissionais da teologia para uma nova atuação em suas comunidades. Cresce sempre mais as oportunidades de refletir a relação entre fé e razão, ciência e religião. A função da religião como estruturadora da vida no ocidente e no oriente, tem causado muitas discussões, polêmicas e reações.

Mestrado em Arqueologia Bíblica.

2016 - 2017

Faculdade e Seminário Teológica Nacional
Orientador: DIORLANDO RICARDO MALHEIRO
O arqueólogo explora e analisa materiais encontrados embaixo da terra para estudar a sociedade e as características que ajudaram a constituir as sociedades que conhecemos hoje. O desenvolvimento da arqueologia bíblica tem sido marcado por diferentes períodos da história da humanidade, e nesse curso estudaremos essas diferenças. Estudaremos: Introdução; Objetos de procedência conhecida, mas não provêm de escavações; Objetos de procedência desconhecida, discutida ou reprovada na Arqueologia Bíblica; Disciplinas Relacionadas com a Arqueologia Bíblica; Papirologia; Fragmentos de Cerâmica e Pergaminhos; Papiro; Confecção do papiro; O Túnel de Ezequias; Construção e História do Túnel de Ezequias; Função e Origem do Túnel de Ezequias; Estela de Tel Dan; Descobrimento Estela de Tel Dan; Datação segundo pesquisadores - Estela de Tel Dan; Texto da estela transliterado do aramaico para o alfabeto hebraico - Estela de Tel Dan; Opiniões minoritárias - Estela de Tel Dan; Opiniões de arqueólogos, egiptólogos e epígrafos - Estela de Tel Dan; Possível combinação dos três fragmentos.

Graduação em Teologia Histórica e Teologia Filosófica

2013 - 2017

Faculdade Cristã de Curitiba
Orientador: Professor Edson Martins
Teologia Histórica:  é um ramo dos estudos teológicos que investiga os mecanismos sócio-histórico culturais que deram início às ideias, sistemas, e afirmações teológicas. Também compreende a história das doutrinas, o impacto da verdade bíblica em sua trajectória secular e histórica. Inclui, também, um estudo analítico do abandono da verdade bíblica, por parte de grupos hereges que tem aparecido durante a Era Cristã. Também é chamada de Teologia Histórica (História das Doutrinas, História da Teologia e História do Pensamento Cristão).                              Teologia filosófica: é o ramo da teologia que busca encontrar um terreno comum entre a fé cristã e outras áreas de atividade intelectual. Historicamente tem havido aproximação entre a teologia e a filosofia em alguns períodos específicos (patrístico, escolástico, moderno) e em torno de certos tópicos particulares, como a doutrina de Deus. Em contrapartida, em todas as épocas, destacados pensadores cristãos têm expressado reservas em relação à filosofia (dois exemplos antigos são Irineu de Lião e Tertuliano de Cartago; um exemplo moderno é o teólogo neo-ortodoxo Karl Barth).

Graduação em Arqueologia

2012 - 2016

Faculdade e Seminário Teológica Nacional
Orientador: Jesiel de Almeida Júnior
Arqueologia é a disciplina científica que estuda as culturas e os modos de vida do passado a partir da análise de vestígios materiais. É uma ciência social que estuda as sociedades já extintas, através de seus restos materiais, sejam estes móveis (como por exemplo um objeto de arte) ou objetos imóveis (como é o caso das estruturas arquitectónicas). Incluem-se também no seu campo de estudos as intervenções feitas pelo homem no meio ambiente. A maioria dos primeiros arqueólogos, que aplicaram sua disciplina aos estudos das antiguidades, definiram a arqueologia como o estudo sistemático dos restos materiais da vida humana já desaparecida. Outros arqueólogos enfatizaram aspectos psicológico-comportamentais e definiram a arqueologia como a reconstrução da vida dos povos antigos. A disciplina da arqueologia envolve trabalhos de prospecção, escavação e eventualmente analises de informação recolhida para aprender mais sobre o passado humano. Na maioria das vezes, a arqueologia depende de trabalhos de investigações multidisciplinares.

Ensino Profissional de nível técnico

2010 - 2012

Escola Politécnica brasileira Orientador: PAULO ROGRIO AMORIM DE MATOS
-Técnico de Segurança do Trabalho, habilitado à: • Aplicar as normas de sinalização e segurança nos ambientes de trabalho; • Elaborar normas e regulamentos de segurança, aplicáveis ao ambiente de trabalho, visando evitar acidentes, doenças ocupacionais e sinistros, sugerindo a adoção do uso de equipamentos de proteção individual (EPI) e de proteção coletiva (EPC); • Promover campanhas prelecionistas, visando conscientizar dirigentes e trabalhadores da importância e da necessidade da prevenção de acidentes, doenças laborais e sinistras; • Coordenar as atividades técnicas de segurança do trabalho, utilizando métodos legais e instrucionais, que objetivem a eliminação ou redução de riscos ambientais e de acidentes, a melhoria do ambiente de trabalho e uma melhor qualidade de vida para o trabalhador; • Desenvolver programas de treinamento de prevenção de acidentes para membros de CIPA, operários e supervisores, bem como de prevenção e combate a sinistros, mantendo em condição de pronto-emprego uma Brigada de Emergência; • Avaliar fatores de riscos ambientais (ruído, calor, iluminação, poeiras, gases, dentre outros) propondo medidas de controle; • Analisar os postos, de trabalho, máquinas, equipamentos e mobiliário, aplicando os princípios de ergonomia, visando o conforto no ambiente de trabalho e a saúde do trabalhador.

Ensino Profissional de nível técnico

1988 - 1990

CEFET - Centro Federal de Educação Tecnológica
Orientador: Ricardo Luiz Marcato
Edificações. Habilitado à: – atuar em processos de aprovação de projetos de edificações em órgãos públicos; – executar e auxiliar trabalhos de levantamentos topográficos e demarcações de terrenos; – elaborar representação gráfica de projetos; – propor alternativas no uso de materiais e técnicas construtivas; – elaborar cronogramas e orçamentos; – supervisionar as sucessivas etapas construtivas de obras; – executar e acompanhar projetos de instalações prediais.

Artigos (13)

MISSÃO DIPLOMÁTICA E SEUS PRINCÍPIOS.

MISSÃO DIPLOMÁTICA E SEUS PRINCÍPIOS.
A ideia inicial deste trabalho é um resumo sobre a diplomacia, no contexto histórico e a sua consolidação, do ponto de vista pessoal, em relação ao seu histórico quanto ao seu surgimento diante das...

MISSÃO DIPLOMÁTICA.

MISSÃO DIPLOMÁTICA.
RESUMO Este trabalho é uma visão pessoal em relação a diplomacia e do contexto histórico e conceitual, em relação as questões e seus efeitos das missões diplomáticas. Palavras chaves: Direito,...

TRATADO DE VIENA – UMA VISÃO PESSOAL

TRATADO DE VIENA – UMA VISÃO PESSOAL
Márcio Luís da Gama Cavalheiro RESUMO Este trabalho é uma visão pessoal em relação ao contexto histórico e conceitual relativa ao Tratado de Viena de 1969, base do direito internacional atual e dos...
Ver mais Artigos